21 Setembro 2009

Tarte de coco e manga




Inspirei-me na tarte de coco e maracujá da Pipoka http://threefatladies.blogspot.com/ pois para além de o aspecto ser divinal ela dizia ... mais fácil é impossível, logo tinha todos os ingredientes para experimentar e gostar muito.
Ficou realmente uma maravilha e mais simples não há. É uma tarte muito fresca, humidazinha e saborosa.

Como não gosto muito de maracujá troquei a polpa de maracujá por polpa de manga e adorei.

Aqui vai a receita:

4 ovos, 1 chávena de açúcar, 100 g de manteiga sem sal, 60 g de amêndoas moídas, 1 chávena de coco, 1 chávena de polpa de manga, 1 chávena de leite de coco e ½ chávena de farinha.

Comecei por aquecer o forno a 180°C. Bati bem os ovos, o açúcar, a manteiga, a amêndoa, o coco, a polpa de manga, o leite de coco e a farinha. Coloquei numa tarteira sem fundo amovível untada com manteiga. Levei ao forno cerca de 1 hora, até ficar dourada. Deixei arrefecer e coloquei no frigorífico cerca de 1 hora. Servi às fatias com um creme de manga natural (só triturei 2 mangas bem madurinhas).
As minhas fotos não ficaram muito bem mas acreditem que é uma maravilha.
Bom apetite!!!

19 Setembro 2009

Doce de figo


Para aproveitar a última remessa dos figuinhos deliciosos dos meus avós resolvi fazer a minha primeira compota. Eu sempre adorei doce de figo mas nunca me tinha aventurado fazer pois achava que era muito complicado mas agora que experimentei é muito fácil e ficou muitooooo bom.
Aqui vai a receita:

1kg de figos, 250g de açúcar amarelo, 250g de açúcar branco, 2 paus de canela, sumo de 1 limão e água q. b.

Comecei por lavar bem os figos, cortei as pontas e cortei os figos ao meio. Pus numa panela e adicionei água até metade da altura dos figos. Levei ao lume até levantar fervura e deixei ferver 5 minutinhos (assim os figos não se desfazem e eu adoro encontrar bocadinhos de figo na compota). De seguida adicionei os açúcares, os paus de canela e o sumo de limão. Deixei em lume brando cerca de 1h (até obter a espessura certa) e fui mexendo de vez em quando para não agarrar.
Pensava que ia render muito mas só me rendeu este frasquinho...para o ano vou fazer muito pois gostava de oferecer a familiares e amigos.
Este docinho com umas tostinhas é maravilhoso. De comer e chorar por mais. Experimentem.

16 Setembro 2009

31 aninhos e um Bolo de noz com creme de caramelo




No passado fim de semana fiz 31 anos (estou a ficar velhota) e resolvi fazer um bolinho que já tinha namorado no blog da Colher de Pau http://paracozinhar.blogspot.com/ e achei que esta era uma belíssima ocasião para o fazer.

O bolo é delicioso e o creme de caramelo dá-lhe um toque muito especial.

Aqui vai a receita:

Bolo: 100g de manteiga, 125g de açúcar, 4 ovos, 150g de farinha, 1 colher de chá de fermento, 150g de nozes picadas (mais umas poucas inteiras para a decoração)

Recheio e Cobertura: 250g de manteiga sem sal, 100g de açúcar em pó, 150ml de caramelo líquido

Comecei por bater 3 claras em castelo (bato sempre primeiro as claras pois assim escuso de lavar as pás da batedeira enquanto faço o bolo) e de seguida bati bem a manteiga com o açúcar até obter um creme. Juntei as 3 gemas e 1 ovo inteiro e continuei a bater. Noutra taça juntei as claras com a farinha e o fermento e mexi devagarinho.
Finalmente juntei a mistura dos ovos com a da farinha e adicionei as nozes picadas.
Deitei o preparado numa forma previamente untada e polvilhada com farinha e levei a cozer a 180ºC durante 40 minutinhos.

Depois de o bolo estar feito e enquanto arrefece, preparei a cobertura. Bati bem a manteiga com o açúcar e o caramelo até ficar uma mistura homogénea e depois rechei o bolo com este creme e cobri-o. Para ficar mais bonito decorei com nozes e um pouco de caramelo líquido. Levei um bocadinho ao frigorífico para o creme endurecer.

Todos gostaram muito.

10 Setembro 2009

Tarte de amêndoa da mamã da Inês


A minha princesa ainda é pequenina mas as festinhas de anos dos amigos já começaram o ano passado. Foi muito giro ver a alegria deles a distribuírem os convites aos amiguinhos todos e a excitação ao vê-los ir às festinhas. Pensava que só iria começar nestas vidas sociais mais tarde mas ao mesmo tempo eu e as outras mamãs ficámos todas enternecidas com as amizades fortes e especiais que se criaram entre os nosso filhotes. Realmente eles não param de nos surpreender.
Foi na festinha da Inês que esta tarte me chamou a atenção e claro tive de pedir a receita (obrigada Nathalie).
Aqui vai :

Massa: 200 g de farinha, 200 g de açúcar, 2 ovos e 100 g de manteiga
Cobertura: 100 g de açúcar, 100 g de manteiga, 125 g de amêndoa, 0,5 dl de leite
Começar por ligar o forno a 180ºC. Misturar todos os ingredientes para fazer a massa. Numa forma para tarte, verter a massa no centro e levar ao forno já pré-aquecido (a massa espalha-se sozinha pela tarteira). Enquanto isso, preparara-se a cobertura, misturando todos os ingredientes num tacho e levar a ferver q.b. em lume brando. Após a massa cozida (duração 7 a 10 minutos), deitar a cobertura sobre a massa e levar novamente ao forno para alourar.
Bom apetite!!!
A foto não é das melhores mas no meio de tanta criançada não consegui tirar melhor ;-)

09 Setembro 2009

Sardinhas alentejanas


Este ano estive uma semanita por terras alentejanas e como não podia deixar de ser deliciei-me com as iguarias típicas. Os pratos alentejanos têm um sabor diferente que eu adoro.

Num dia em que as sardinhas eram o prato principal decidimos acompanhá-las com uma sopa de tomate (bem típica do alentejo), uma saladinha de pimentos, uns figos acabadinhos de colher e claro com umas fatias de pão alentejano.

Uma mistura deliciososa e surpreendente.

Primeiro assámos os pimentos. Um truque que tenho para os descascar melhor é mal saiam do grelhador pô-los num saco de plástico e fechar bem. Eles ficam a suar um bocadinho e depois é muito mais fácil tirar as peles assadas.

De seguida enquanto as sardinhas assavam metemos ao lume com um fio de azeite cebola às rodelas, alho e muito tomatinho caseiro bem madurinho. Deixámos refogar até fazer molhinho.

Os figos foi só apanhá-los e retirar-lhes a pele.

Uma maravilha.

07 Setembro 2009

Entrecosto assado com laranja


Adoro entrecosto e a minha princesa também adora esta carne com pauzinhos (como ela diz) e então no forno fica ainda mais tenro e saboroso.

Não sabia o que fazer para jantar e então ao abrir o congelador vi que tinha uma tira de entrecosto e umas favas descascadas que estavam à espera de ir para uma sopinha mas és que me lembrei de fazer tudo no forno acompanhado com batatinhas. Ficou uma delícia.

Aqui vai a receita:

1 tira de entrecosto, favas (ou outro legume), 4 batatas grandes, 2 cebolas grandes, 6 dentes de alho, 2 laranjas, azeite, sal e vinho branco.

Comecei por cortar as cebolas às rodelas e dispôr no fundo de um pirex. De seguida temperei o entrecosto com sal e alho bem picadinho e reguei com o sumo das laranjas. Cortei as batatinhas aos cubos e juntei ao pirex mais as favas. Reguei tudo com um fio de azeite e um bocadinho de vinho branco. Levei ao forno cerca de 45 minutos (até a carne estar douradinha) a 200ºC.

Simples e muito saboroso.

Bom apetite.
Obrigada a todos pelos vossos comentários.

04 Setembro 2009

100000 visitas e 2 anos de blog


Só agora é que reparei que já ultrapassei as 100000 visitas e que o meu cantinho já fez 2 aninhos em Julho. Iupiiii. Nem acredito, pois o que começou por ser o meu livro de receitas virtual, onde o objectivo era apenas o de compilar as minhas receitas favoritas tornou-se numa visita diária de muitos amigos, familiares, colegas e também desconhecidos. Tem sido muito engraçado pois dou por mim a explicar melhor uma determinada receita, a sugerir receitas para jantares de família ou de amigos, a atender telefonemas de amigos que precisam urgentemente de uma sugestão para um jantar que gostavam que corresse da melhor maneira, das pessoas me dizerem que já fizeram a receita X e Y e que adoraram. É mesmo surpreendente pois quando demoro a postar tenho logo alguém que me relembra. Outra coisa engraçada é ter a família pacientemente à espera para que eu tire as fotos e a sugerir a melhor forma para ficar mais bonita e de ter os meus amigos a dizerem que fizeram uma receita muito boa e que até tiraram foto e que se eu quiser me podem dar para eu pôr no blog...ehehehe

A todos vocês ... Muito obrigada por esta partilha tão enriquecedora.

02 Setembro 2009

Brownies com Cheesecake


Este foi o único docinho que fiz estas férias e acreditem...ficou bem docinho.

Brownies : 100 g de manteiga, 120 g de chocolate preto, 130 g de açúcar, 4 ovos, 70g de farinha de trigo, 1 colher de sopa de cacau em pó, 1 colher de chá de extracto de baunilha, 80 g de pepitas de chocolate (eu parti um chocolate aos bocadinhos)
Cheesecake: 200g de queijo filadélfia, 1 gema, 4 colheres de sopa de açúcar e 1 colher de chá de mel.

Comecei por ligar o forno a 180ºC e forrar uma forma rectangular com papel vegetal e untei bem com manteiga.
De seguida derreti o chocolate e a manteiga em banho maria. Adicionei o açúcar e os ovos e bati bem e depois juntei a farinha, o cacau em pó, a baunilha e por fim as gotas de chocolate. Mexi bem até incorporar e coloquei a mistura para a forma.
Para o cheesecake bati bem o queijo com o açúcar, o mel e a gema.
Finalmente adicionei a massa de cheesecake por cima da massa do brownie em colheradas e com a ajuda de uma espátula misturei um pouco as duas massas.
Levei ao forno cerca de 30 minutinhos (devia ter deixado mais um pouquinho para o cheesecake ficar mais douradinho e os brownies mais cozidinhos).
Deixei arrefecer e cortei aos quadrados.
Bom apetite!!!