28 Abril 2011

Um miminho de Páscoa

Este ano o tempo para fazer os habituais miminhos de páscoa que gosto de oferecer às educadoras dos meus filhotes, não deu para grandes inovações mas acho que ficaram bonitinhos. Voltei a oferecer os famosos almendrados que voltaram a receber bastantes elogios.


A receita é (25 unidades): 2 claras, 200g de açúcar amarelo, 225g de miolo de amêndoa moído (eu uso amêndoa com casca pois ficam mais douradinhos), 25g de farinha, 1 colher de café de canela e 1 folha de hóstia.
Começa-se por bater as claras em castelo. De seguida junta-se o açúcar, o miolo de amêndoa, a farinha e a canela e mexe-se tudo muito bem.
Põe-se a folha de hóstia no tabuleiro que vai ao forno e fazem-se montinhos com a massa (deixar os montinhos espaçados pois os almendrados crescem muito). Finalmente coloca-se uma amêndoa inteira no meio de cada montinho e vai ao forno 15 minutinhos a 180ºC.

11 Abril 2011

Caldeirada rápida



Cá em casa os meus pequeninos adoram batatinha cozida com molhos saborosos e então quando eu faço esta caldeirada com lulas, salmão e delícias é preciso mandá-los parar de comer.


Esta, mais uma vez, é uma receita bastante prática e muito rápida.


Aqui vai a receita: 1 embalagem de 400g de lulas congeladas já limpas, 3 postas de salmão (eu costumo comprar filetes pois vêm sem espinhas), delícias do mar a gosto (cá em casa a minha princesa é uma "devoradora" de delicias por isso faço sempre uma embalagem), 8 batatas médias cortadas às rodelas grossas, 1 pimento vermelho cortado às tiras, 2 cebolas cortadas às rodelas, 3 dentes de alho, 2 tomates maduros ou então uma lata de polpa de tomate (eu costumo comprar umas com tomates inteiros pelados e conservados no seu suco), coentros, sal e azeite.


Leva muita coisa e por isso pode parecer complicado, mas não é.

Comecei por colocar a cebola, o alho e o tomate com um pouco de azeite e deixei refogar uns minutinhos (até ganhar suco e a cebola começar a ficar molinha). Entretanto fui cortando as batatas e cortando as lulas ao meio. De seguida juntei as batatas, as lulas, o salmão, o pimento e o sal. Se ficar com pouco molho pode-se juntar um pouco de vinho branco ou uma cerveja. Cozinhei em lume médio a quando as batatas estavam quase cozidas juntei as delicias e os coentros.


Experimentem. As crianças adoram o sabor e comem muito bem o peixinho.


Bom apetite.

06 Abril 2011

Bacalhau cremoso sem natas ;-)



Esta receita já foi anteriormente aqui publicada mas tem tido tanto sucesso entre os meus amigos que resolvi publicar novamente mas com algumas modificações que resultaram lindamente.

Este prato para além de não levar natas fica na mesma muito cremoso e é uma óptima solução para quando recebemos amigos em casa, pois podemos preparar na véspera e estar com os amigos sem nos preocuparmos em estar a cozinhar. E fica sempre uma delícia.


Aqui vai a receita: 1 embalagem de 400g de bacalhau desfiado (eu compro já demolhado e congelado), 1 cebola grande, 2 cenouras médias, 6 dentes de alho, 1 litro de leite, 1 pacote de batatas para fritar em cubos pequeninos (eu costumo comprar do Pingo Doce), 2 colheres de farinha, coentros e queijo ralado para gratinar.


Comecei por cozer o bacalhau no litro de leite. Noutra panela fiz um refogado com a cebola picada, as cenouras raladas, os alhos e azeite. Deixei refogar bem. De seguida pus o bacalhau com um pouco do leite de cozer e deixei refogar um pouco mais. Depois envolvi a farinha e voltei a acrescentar um pouco do leite até formar um creme. Finalmente envolvi as batatas já fritas com este creme, com o resto do leite e com os coentros picadinhos. Pus num pirex e levei ao forno a gratinar com queijo ralado.

Servi com uma saladinha.


Bom apetite!!!