28 Maio 2012

Uma pausa em Berlim


A semana passada estive em Berlim num congresso e não quero deixar de vos mostrar algumas das iguarias gastronómicas que eu provei. As salsichas são muito boas e vendem-se em qualquer esquina, a qualquer  hora. Os docinhos também souberam muito bem (sabem sempre;-), essencialmente os geladinhos pois estava muito calor.
Regresso em breve com mais receitinhas.

15 Maio 2012

Beringelas e pimentos recheados


Cá em casa tenho sempre carne picada, já refogada, congelada pois em dias de muita pressa (que são quase todos os dias ;-) nada mais rápido do que fazer uma massinha, juntar a carne e já está...uma bolonhesa. As crianças adoram, comem bem e nós pais ficamos todos satisfeitos. Mas ontem para além de ter carne picada também tinha arroz de ervilhas e umas beringelas e pimentos esquecidos no frigorífico. Para não ser sempre o mesmo resolvi fazer beringelas e pimentos recheados.

Cortei as beringelas e os pimentos ao meio. Nas beringelas retirei todo o miolo. Para o recheio misturei a carne picada com o arroz e o interior da beringela cortada aos bocadinhos. Levei ao forno cerca de 30 minutinhos com queijo ralado por cima.

Ficou muito bom e sempre foi uma forma diferente de comer carne picada e os meus filhotes adoraram.

08 Maio 2012

Sobremesa das 3 camadas - versão melhorada


Eu já tinha feito esta sobremesa e postado aqui só que desta vez apeteceu-me fazer algumas alterações para a tornar ainda mais deliciosa. Aumentei a camada do amarelo, que é a parte que toda gente quer e em vez de utilizar bolacha maria utilizei canudinhos de bolacha e chocolate. Acho que a sobremesa ficou ainda mais saborosa e com esta grande camada de amarelo deixei toda a gente contente.



Receita:
2 latas de leite condensado
2 latas de leite
8 gemas
1 pacote de canudinhos de bolacha e chocolate (comprei no Lidl)
2 pacote de natas frescas

Levei ao lume o leite condensado misturado com o leite e as gemas até engrossar.
Deitei este preparado numa taça e pus as bolachas partidas grosseiramente por cima.
Finalmente bati as  natas com um bocadinho de açúcar e pus por cima das bolachas.
Levei ao frigorífico para servir fresquinho.

07 Maio 2012

O famoso Red Velvet - Bimby

Sempre achei que o bolo Red Velvet era um bolo muito complicado e demorado de fazer  e qual não foi o meu espanto quando, ao fazê-lo este fim de semana para o dia da mãe, o achei tão simples e tão bom. Tornou-se logo o bolo favorito cá de casa pois desapareceu num instante. Até os meus filhotes adoraram e acharam muita piada à cor vermelha. Experimentem,  pois é delicioso, super fresquinho e a cor surpreende qualquer convidado. A receita vi aqui.


BOLO
240 g leite
1 colher de sopa de sumo de limão
250 g farinha
1 pitada de sal
2 colheres de sopa de cacau em pó
110 g manteiga sem sal
250 g açúcar
2 ovos
1 colher de chá de essência de baunilha
2 colheres de sopa de corante alimentar vermelho
1 colher de chá de vinagre
1 colher de chá de bicarbonato de sódio

COBERTURA
110 g açúcar em pó
400 g natas frescas
200 g queijo creme
1 colher de chá de essência de baunilha

BOLO
Liguei o forno a 180ºC e untei uma forma redonda com spray culinário.
Pesei o leite e adicionei o sumo de limão. Reservei.
Coloquei no copo a farinha, o sal e o cacau e programei 10seg/vel4. Reservei.
Coloquei no copo a manteiga e programei 2min/vel4.
Coloquei a borboleta e o açúcar e programei 2min/vel4.
Programei 1min/vel3 e deitei pelo bocal 1 ovo de cada vez.
Adicionei a essência de baunilha e programei 5seg/vel3
Adicionei ao leite reservado o corante.
Programei 2min/vel3 e deitei pelo bocal a mistura do leite alternando com a da farinha.
Num recipiente juntei o vinagre e o bicabornato, juntei no copo e programei 10seg/vel3.
Coloquei esta massa na forma e leivei ao forno cerca de 30minutinhos.
Depois de retirar deicxei arrefecer 10 minutinhos antes de desenformar.
COBERTURA
Coloquei no copo limpo e seco a borboleta com o açúcar e as natas e programei 2min/vel3. Reservei
Coloquei no copo  o queijo creme e programei 2min/vel4.
Adicionei a essência de baunilja e programei 1min/vel4.
Retirei esta mistura e envolvi com a das natas.
Barrei o bolo já frio com esta mistura.

Na receita original dizia para rechear o bolo com esta mistura mas eu preferi só cobrir o bolo e guardei o que sobrou da mistura para cada um colocar a gosto nas suas fatias.
Para a próxima acho que vou experimentar em verde e chamar-lhe Green Velvet ;-)
Bom apetite!!!