12 Maio 2009

Bolo de Chocolate com Banana

Este é o meu 100º post...nem acredito. Passou tão rápido e esta partilha tem sido maravilhosa, quer pela troca de receitas, quer pelas pessoas que tenho "conhecido" e o mais fantástico de tudo tem sido o encontrar amigos dos amigos que têm uma amiga que costuma visitar o docinho de leite. Começou tudo como uma brincadeira e estou a adorar.
Para comemorar resolvi fazer um bolo (que já estava a namorar há algum tempo) da Leonor. Nem sei o que vos diga sobre este bolo ... a combinação é perfeita e a consistência uma delícia. Têm de experimentar e se quizerem ficar seduzidos por mais maravilhas têm de espreitar o cantinho da Leonor. O blog dela é uma verdadeira tentação.

Aqui vai a receita: 80 g de gemas, 150 g de manteiga amolecida, 160 g de açúcar, 225 g de farinha de trigo, 15 g de fermento, 30 g de cacau em pó, 100 g de chocolate negro cortado em pedacinhos e 3 bananas maduras.

Comecei por pré-aquecer o forno a 180ºC e untei e polvilhei de farinha uma forma redonda. De seguida bati os ovos com o açúcar até ficar esbranquiçados. Juntei a manteiga e bati novamente. Adicionei a farinha, o cacau e o fermento previamente misturados e peneirados. Ao colocar a massa na forma fui intercalando com a banana cortada em rodelas e os pedacinhos de chocolate.

Levei ao forno cerca de 25 minutinhos.

A Leonor fez uma cobertura deliciosa mas como não tinha mais bananas acabei por não fazer.

07 Maio 2009

A Tarte de Maçã da Gasparzinha

Hoje de manhã na minha ronda pelos meus blogs favoritos de culinária encontrei esta receita de Tarte de Maçã no blog da Gasparzinha que me ficou logo no olho. Quem não conhece este cantinho tem de lá passar pois tem receitas super deliciosas e difíceis de resistir. Esta receita cativou-me logo pelo seu aspecto mas também pela simplicidade. Anotei logo numa folhinha para fazer este fim de semana mas não aguentei...acabei agora mesmo de a fazer. ADOREI. É uma tarte com uma textura incrível...eu até diria, surpreendente e muito saborosa. Têm de experimentar.
Aqui vai a receita: 1 chávena de chá de farinha, 1 chávena de chá de açúcar, 1 colher de sopa de canela em pó, 4 a 5 maçãs fatiadas muito fininhas, 1 chávena de chá de leite, 1 ovo e 1 colher de sopa de manteiga.

Comecei por pré aquecer o forno a 180ºC. Untei uma tarteira (sem fundo amovível) com manteiga e reservei. Misturei todos os ingredientes secos numa taça e cortei as maçãs em fatias fininhas. Dispus esta mistura e as maçãs alternadamente na tarteira terminando com uma camada de maçã. Noutra taça bati bem o leite com o ovo e a manteiga derretida e cobri a tarte com esta mistura. Levei ao forno cerca de 45 minutinhos.
A Gasparzinha acompanhou com uma bola de gelado que deve ficar maravilhoso. Fica para experimentar na 2ª ronda que me parece que vai ser já este fim de semana ;-)
Bom apetite!!!

Gostaram da nova organização da minha cozinha? De vez em quando uma arrumaçãozita faz sempre bem ;-)

05 Maio 2009

Perna de borrego em crosta de ervas

Na Blue Cooking de Abril esta receita ficou nos nossos olhos e este fim de semana não resistimos em experimentar. Foi uma agradável surpresa.

Cá vai a receita:

Borrego - 1 perna de borrego, sal grosso , pimenta, azeite e 3 dentes de alho picados.

Crosta - 1 cebola picada, 1/4 chávena de alcaparras, 2 colheres de sopa de mostarda, 1/4 chávena de sumo de limão, 1 ovo, 1 chávena de míolo de pão, 2 colheres de sopa de estragão picado (não conseguimos encontrar), 1/4 chávena de parmesão ralado, 1 alho françês cortado em fatias fininhas e raspa de 1 limão.

Começámos por temperar a perna de borrego com o sal, pimenta, alho e azeite. Deixámos um bocadinho a ganhar sabor (o ideal seria de um dia para o outro).

De seguida numa frigideira com azeite demos uma entaladela à perna até esta ficar coradinha. Enquanto a perna arrefecia misturámos numa picadora a cebola, as alcaparras, o sumo de limão, a mostarda e o ovo. Numa tigela misturámos o pão com o parmesão, o alho françês e a raspa de limão. Finalmente espalhámos a mistura de cebola na perna com a ajuda de uma espátula e cobrimos com a mistura do pão (calcámos bem para aderir e não cair).

Levámos ao forno a 170ºC cerca de uma horinha (quando a crosta ficou dourada cobrimos com papel de alumínio). Antes de cortar deixámos repousar cerca de 10 minutinhos.

Uma óptima, saborosa e diferente maneira de fazer borrego.

Bom apetite.

Bolinhos e história na escolinha

Queria agradecer a todos o que me escreveram a ajudar. Muito obrigada pelas vossas sugestões.

Os bolinhos que fiz foram os palmiers, os almendrados e bolachinhas com pintarolas (que foram o maior sucesso pois cada um tinha uma caixinha para misturar na massa das bolachas mas que entretanto foram comendo eheheheh). Fiz em casa uma montagem com imagens dos vários ingredientes para cada receita e a foto de cada doce no final para ser mais fácil e interessante para eles seguirem as receitas. Correu tudo muito bem mas cozinhar com 17 crianças não é fácil pois todas queriam participar e a minha filhota com o papá e a mamã lá na salinha queria ser sempre ela...estão a ver o quão difícil foi gerir tudo....mas acho que foi um sucesso. As crianças divertiram-se muito e isso foi o mais importante. Depois de almoço a sobremesa foram os docinhos feitos por eles.
A história foi o meu marido que foi contar e foi a dos 3 porquinhos pois é a historinha que a nossa filhota nos pede todas as noites e ela queria que fosse essa.