27 Novembro 2012

Saquinhos dos perdidos e achados ;-)

Devem estar a pensar, que raio de nome é este e o que será que está dentro destes saquinhos. Passo a explicar. Este nome foi dado pela minha princesa que ao ver estes saquinhos em cima da mesa disse logo "oh mamã estes saquinhos são tão giros, podias chamá-los de perdidos e achados, e também podias dizer no teu computador que fui eu que dei o nome para as mães das minhas amigas saberem " Eu para além de ter adorado o nome achei tão engraçado ela já perceber que eu tenho este cantinho, onde ponho receitas e ela começar a querer participar.
Estes saquinhos não passam de simples cartuchos de massa filo com alheira e maçã. Uma receita muito apreciada cá em casa, super rápida de fazer e que dá uma entrada muito saborosa e bonita. 


Aqui vai a receita:
1 embalagem de massa filo
1 alheira
2 maçãs
1 gema
sementes de papoila
 
Comecei por tirar a pele à alheira e cortei-a aos bocadinhos para uma frigideira.
Ralei 2 maçãs que juntei com a alheira e levei ao lume cerca de 5minutinhos (só mesmo para envolver bem os sabores).
Deixei arrefecer.
Nesta altura liguei o forno a 180ºC para ir aquecendo.
Cortei as folhas de massa filo em quadrados grandes (cortei o retângulo em 4 partes)
Separei 2 folhas de cada vez (pois como são tão fininhas com o recheio podem rebentar no forno)
Coloquei um bocadinho do recheio no centro de cada quadrado de massa e formei um cartuchinho.
Pincelei com gema de ovo e decorei com sementes de papoila.
Levei ao forno até a massa estar douradinha.

22 Novembro 2012

De volta aos docinhos com uma Tarte de maçã

Esta receita via-a no livro base da Bimby mas nunca me tinha suscitado grande curiosidade até ao dia em que tinha muitas maçãs na fruteira e me apeteceu uma tarte simples e rápida.



Aqui vai a receita:
6 maçãs
125 g de manteiga
1 ovo e 2 gemas
150 g de açúcar
2 colheres de chá de fermento em pó
170 g de farinha
10 g vinho do Porto
1 pitada de sal

Comecei por descascar as maçãs e cortá-las aos quartos. De seguida laminei-as sem chegar até ao fundo.
No copo da bimby juntei o ovo, as gemas e o açúcar, 2min/ 37º/ vel4
Juntei a manteiga e o vinho do porto, 5seg/ vel4
Adicionei a farinha, o fermento e o sal, 6seg/ vel6
Deitei a mistura numa forma de fundo amovível e por cima coloquei os quartos de maçã, com parte cortada para cima
Levei ao forno a 180ºC, 30 minutinhos
Servi polvilhada com açúcar em pó
 
Esta tarte foi uma agradável surpresa, pois ficou muito fofa, saborosa e docinha. O contraste do fofo do bolo com a maçã assada é maravilhoso.

15 Novembro 2012

Linguine negro com lulas e gambas

Cá em casa adoramos massas, sejam elas fininhas, ou grossas, com bonecos, brancas ou pretas. Esta é uma das receitas que repetimos várias vezes porque é muito rápida, saborosa e os miúdos adoram.


Aqui vai  a receita:
 
1 embalagem de linguine negro (uso da milaneza)
500g de lulas limpas e congeladas
250g de camarão cozido (costumo comprar do pingo doce)
2 folhas de louro
coentros
1 colher de sopa de vaqueiro alho
sal
 
Começo por cozer o linguine em água a ferver.
Numa frigideira junto a vaqueiro, as lulas cortadas às tirinhas, com as gambas descascadas, as folhas de louro e os coentros picados.
Deixo cozinhar em lume brando até as lulas estarem macias.
Escorro a massa e envolvo tudo.

Muitas vezes substituímos as lulas por salmão, previamente grelhado, que também fica uma delícia.

07 Novembro 2012

Hoje sai ... um salgadinho

Quando dei conta que os meus últimos 16 posts foram com docinhos achei que tinha chegado a altura de postar uma receitinha salgada. Não é que eu não faça salgados, até faço mais vezes que doces mas acho sempre que os doces ficam mais bonitos,  não fosse eu muito gulosa :-)


Recentemente fiz estes cogumelos portobello recheados e ficaram uma delícia. Não segui nenhuma receita pois quando os comprei não tinha visto nenhuma mas quando cheguei a casa, abri o frigorífico e com o que tinha fiz um delicioso recheio.

Aqui fica a receita:
 
6 cogumelos portobello grandes
bacon aos cubinhos
pimento vermelho aos cubinhos
cebola aos cubinhos
mel
azeite
queijo parmesão ralado
 
Primeiro comecei por lavar bem os cogumelos e retirar o pé.
Coloquei o bacon aos cubinhos numa frigideira e fritei com azeite e um fio de mel.
Parti os pés aos cubinhos, e juntei com o pimento e a cebola na frigideira. Deixei cozinhar.
Recheei os cogumelos.
Coloquei o queijo ralado por cima e levei ao forno cerca de 15 minutinhos.

02 Novembro 2012

Húngaros de Halloween

Estes biscoitinhos são uma perdição e os meus filhotes adoram. Não há pastelaria em que entre com eles que eles não me peçam um coraçãozinho, ou uma flor, e dizem sempre com aquele olhar safado "vá lá mamã, só um" e eu quase nunca consigo resistir :-) Isto para vos dizer que esta receita já andava para ser experimentada mas quase sempre adiada a pensar que eram muito difíceis de fazer. Enganei-me...são super fáceis e rápidos por isso agora o difícil vai ser dar só um de cada vez aos meus filhotes.
Numa ida ao Imaginarium para comprar uns adereços para o halloween ofereceram-me umas forminhas muito engraçadas. Quando  a minha princesinha me pediu uns docinhos para levar às amiguinhas quando fossem pedir os "bolinhos e bolinhós" achei que era a altura ideal para fazer estas bolachas mas com as forminhas de halloween. Ficaram muito giras e a criançada adorou.


Esta lanterna de abóbora foi feita pelo meu príncipe na escolinha e foi o adereço perfeito para esta foto :-)

Aqui vai  a receita (deu para 24 bolachas):
 
300g de farinha
50g de farinha custard
150g de manteiga amolecida
100g de açúcar em pó
2 gemas
20ml de leite
1 gema para pincelar
1 tablete de chocolate
 
Juntei todos os ingredientes no copo da bimby (30seg/ vel5).
Coloquei a massa num saco e levei ao frigorífico cerca de 30 minutinhos.
Liguei o forno a 180ºC.
Estendi a massa entre duas folhas de papel vegetal até ter a grossura que pretendia.
Recortei com as forminhas.
Pincelei as bolachas com gema de ovo.
Levei ao forno cerca de 12 minutinhos, em cima de papel vegetal (deu para 2 fornadas).
Deixei arrefecer em cima de uma grelha.
Derreti o chocolate no microondas com um pouco de leite.
Depois de as bolachas estarem frias mergulhei uma parte no chocolate e deixei arrefecer em cima de papel vegetal.

Vi a receita aqui.